Ouça a Nova Era 94,1 FM
Pelos Aplicativos

Clique para Ouvir Peça sua música

Moro diz que lamenta ter sido autor da condenação de Lula


Moro diz que lamenta ter sido autor da condenação de Lula
Sérgio Moro, futuro ministro da Justiça no governo Bolsonaro, falou sobre a condenação de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em entrevista a José Luiz Datena no programa Brasil Urgente, da Band, Moro diz lamentar ter sido o autor dessa decisão.
“Nenhum juiz tem o prazer de prender alguém, isso faz parte do trabalho”, afirmou. “Acho lamentável ter sido autor de uma decisão que condenou uma figura pública que fez coisas boas durante sua gestão, mas também fez coisas erradas. Não é um bônus para mim, é um ônus, é algo pesado, mas agi cumprindo o meu dever.”
Responsável pela Operação Lava Jato em primeira instância, enquanto juiz federal em Curitiba, Moro foi alvo de críticas do Partido dos Trabalhadores, que o acusou de perseguição política – o que ele nega e chama de “fantasia” da “estratégia de defesa”.
“Se você examinar a Lava Jato, tem agentes políticos do PP, PTB, PMDB; destaco Eduardo Cunha, que era inimigo número 1 do PT, e foi condenado porque fazia parte da coalização governamental que controlava a Petrobras e utilizava do esquema criminoso para enriquecer.”
Moro explica ainda a ausência de um número significativo de partidos de oposição, nos anos de poder do PT, na investigação. “Não temos muitos desses partidos porque eles não controlavam a Petrobras naquele período, mas há personagens da oposição que respondem a acusações perante a outros foros da Justiça”, completou.
Veja entrevista completa:
Fonte: Band.

TOP 10

Últimas Nóticias