Ouça a Nova Era 94,1 FM
Pelos Aplicativos

Clique para Ouvir Peça sua música

Vacinação contra H1N1 para gestantes, puérperas e crianças de 6 meses até 5 anos começa nesta segunda-feira em Goiás


Vacina contra Influenza A, H1N1 (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)
 
Vacina contra Influenza A, H1N1 (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)
Começa nesta segunda-feira (23) o período de vacinação contra H1N1 na rede pública de saúde de Goiás prioritariamente para gestantes, puérperas (mulheres que deram à luz há até 45 dias) e crianças de 6 meses até 5 anos. O estado está em situação de alerta e já registrou 17 mortes pela doença neste ano.

A campanha no estado começou 10 dias antes do nacional, que tem início nesta segunda-feira. Os primeiros grupos a terem prioridade na imunização foram idosos, trabalhadores da saúde e pessoas com doenças respiratórias crônicas e cardíacas.

A imunização protege contra dois subtipos da Influenza A – H1N1 e H3N2 – e um subtipo da Influenza B.

O estado de Goiás já recebeu 650 mil doses da vacina na primeira remessa, outras 300 mil na segunda e 279 mil na última sexta-feira (20).

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde de Goiás (SES-GO), são considerados grupos prioritários: crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas, pessoas com 60 anos ou mais, indígenas, trabalhadores da saúde, professores, portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, funcionários do sistema prisional e adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos que cumprem medida socioeducativa ou estão presos.

 

Veja o calendário de vacinação para o estado

 

  • 13/04 a 20/05 – Idosos, trabalhadores da saúde e pessoas com doenças cardíacas e respiratórias graves
  • 23/04 a 27/04 – gestantes, puérperas e crianças
  • 30/04 a 11/04 – professores
  • 12/05 – Dia D: serão vacinados todos os grupos prioritários da campanha
  • 14/05 a 1/06 – todos os grupos prioritários da campanha
  • Indígenas: podem ser vacinados durante todo o período da campanha
  • Presos e funcionários do sistema prisional: o agendamento será feito a critério do município no período da campanha.

 

 
Idosos foram os primeiros a receber vacina contra H1N1 (Foto: Guilherme Mendes/TV Anhanguera)
Idosos foram os primeiros a receber vacina contra H1N1 (Foto: Guilherme Mendes/TV Anhanguera)
 
Fonte:G1

TOP 10

Últimas Nóticias